Da Ética (ou da falta dela). E falsos Videntes sendo denunciados por reportagem do MGTV.

 
Falamos em ética no post anterior – assunto que eu poderia ter desenvolvido muito melhor, pois abarca inúmeras situações -, mas de forma simples e objetiva.
 
No dia eu escrevi aquelas linhas porque estou incomodada com o que ando vendo pelo mundo afora (embora não tenha feito nenhuma menção a isso), não somente na blogosfera, mas também nas ruas, nos jornais: promessas de resolução de todos os seus problemas, “com 100% de garantia”! É, acreditem, há inúmeras pessoas que prometem isso. Seja lá qual for o seu problema. “Ele não quer voltar pra você, damos um jeitinho!”. E por aí vai…
 
Quer ver como andam funcionando algumas coisinhas por aí? Então assista a este vídeo aqui (Reportagem do MGTV denunciando falsos Cartomantes e Videntes.).
 
São pessoas que se dizem Videntes, Cartomantes, Pais de Santo, Tarólogos e outros tantos mais, mas que na verdade não possuem nenhum dos atributos citados, são pessoas que se usam desses meios para enganar.
 
Agora, como disse o Emanuel: É ofensivo, para mim, ter meu trabalho de interpretação das lâminas relacionado com trabalhos de magia que usam velas de R$120,00.” Sim, nos ofende e muito, porque levamos a sério o que fazemos, estudamos, somos éticos, não estamos aqui para enganar a ninguém. 
E o mais importante: Não faço Magia, Trabalhos de Amarração ou qualquer coisa do gênero!
 
Há uma ressalva muito importante a ser feita, ou melhor, algumas:
– Charlatões, enganadores existem em vários outros setores. Quer um exemplo? Políticos corruptos, falsos pastores, falsos médicos, até um falso Coronel foi “descoberto” no Rio de Janeiro. Se procurar, achará aos montes outros exemplos.
– Ainda citando o Emanuel, Tarólogos/Cartomantes sérios não pregam propaganda num poste.
 
Agora, o que não vale é jogarem num mesmo balaio todos os profissionais. Há muitas pessoas sérias, comprometidas com o que fazem e o fazem muitíssimo bem! Depois disso, a televisão poderia fazer um programa com os profissionais éticos, honestos, com a finalidade de mostrar às pessoas como as coisas funcionam, não é mesmo?
 
É muito importante que as pessoas ao procurarem um Tarólogo/Cartomante/Astrólogo tenham muito cuidado. Tudo bem que quando está-se com problemas, os sentidos ficam aflorados e com isso, demora-se para perceber quando estão nos enganando. Mas ainda assim: Escolha um Profissional.
 
.

5 comentários sobre “Da Ética (ou da falta dela). E falsos Videntes sendo denunciados por reportagem do MGTV.

  1. Oi Raquel. Fico feliz em ver que você também se revoltou contra a possibilidade de sermos chamados de “farinha do mesmo saco”. Creio que devemos encarar essa situação como uma possibilidade de apresentarmos o que há de melhor na Arte.Grande beijo!!!

    Curtir

  2. Raquel,não há magia em velas de 120 riaus… só picaretagem mesmo! É chato se ver associado a esta gentalha (#Kikoquote) sem eira nem beira. Atualmente não me incomoda mais, nem mesmo as reportagens sensacionalista que só mostram um lado da moeda, ou seja; não entrevistam 3 ou 4 Tarólogos/Cartomantes/Astrólogos profissionais de fato… E eu penso que são a maioria no nosso meio. Abraços do Ari!

    Curtir

  3. Oi Emanuel,Sim, acho que devemos começar, mais do que nunca, a mostrar o que realmente são os oráculos e a Arte de interpretá-los. Penso que nesse caso, a internet, os blogs e redes sociais são ótimas ferramentas para começar isso.Bjs! E obrigada pela visita!Oi Ari,Sim esse tipo de Magia que eles prometem não existe.O que me incomoda nesse tipo de reportagem é que eles se utilizam de um meio “discutível” – a câmera escondida -, contam mentiras – como o repórter admitiu – e como você disse, não ouvem o outro lado da moeda!Claro que se o Vidente/Tarólogo/Cartomante/Astrólogo fosse um profissional “de verdade”, perceberia nos oráculos que era uma farsa.Bjs e obrigada pela visita!!

    Curtir

  4. Raquel, parabéns pelo blog. Achei super interessante e com matérias que realmente valem a pena ser lidas. Já estou seguindo-o! Realmente é uma pena esse tipo de história. Mas honestamente não acho que tenhamos muito o que fazer, a não ser expor a diferença de estudiosos e profissionais de charlatões de esquina. Pessoas mal-intencionadas sempre existiram e sempre vão existir. O que podemos fazer é prevenir quem está procurando essas pessoas para saber o que escolher. Parabéns mais uma vez!

    Curtir

  5. Oi Odir!Concordo contigo, penso que devamos aproveitar os espaços que temos disponíveis, como os nossos blogs por exemplo, para apresentar tal diferença.Obrigada pela visita!Sê bem vindo!

    Curtir

Deixe uma resposta para Diannus do Nemi Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s